Câimbras: Causas e tratamentos

As câimbras ou cãibras são contrações musculares rápidas, involuntárias, desconfortáveis e que causam fortes dores localizadas. Diferente dos espasmos musculares elas ocorrem de forma intensa e persistente.
Extremamente comum e na maioria das vezes inofensivas, as câimbras podem acontecer em qualquer parte do corpo e desaparecem por conta própria. Na maioria das vezes serve como alerta do corpo, seja pelo uso excessivo do músculo ou uma forma de sinalizar a falta de algum nutriente ou desidratação.

As partes do corpo mais propensas a sofrer câimbras são:

  • Pés;
  • Mãos;
  • Pernas (principalmente na panturrilha );
  • Coxas;
  • Abdômen.

Causas mais comuns das câimbras:

  • Excesso de exercício físico;
  • Sobrecarga muscular;
  • Longos períodos de inatividade;
  • Desidratação;
  • Má circulação e suprimento de sangue inadequado;
  • Baixas temperaturas, deixando a musculatura mais tensa e contraída;
  • Deficiência de sais minerais, principalmente magnésio, cálcio ou potássio;
  • Alterações metabólicas como diabetes, hipotireoidismo, hipoglicemia e gravidez.

Veja também:

Tratamento e forma de evitar as câimbras

Quando a origem da câimbra é associada à uma causa óbvia e dentro do normal, não existe um tratamento específico a ser feito. De imediato para amenizar as dores é preciso “relaxar a musculatura”, ou seja, dentro do possível respirar fundo, alongar levemente, realizar movimentos contrários as contrações e massagear com cuidado o local. Por isso o tratamento vai depender do diagnóstico do paciente, podendo variar de acordo com a causa identificada e com todo o histórico apresentado e avaliado pelo médico.

Para prevenir que a câimbra ocorra novamente é importante preparar o corpo antes e após as atividades físicas, investir nos alongamentos como forma de evitar o encurtamento muscular, respeitar seu limite e corpo, caprichar na hidratação, evitando a desidratação e comer alimentos ricos em potássio, magnésio e cálcio. Vale ressaltar que pessoas sedentárias costumam ter mais câimbras que as pessoas ativas, por isso, uma boa solução para preveni-las é manter-se fisicamente ativo.

Quando consultar um médico

Na maior parte dos casos a câimbra não é um problema grave, porém requer uma atenção especial quando passa acontecer com grande frequência, de forma persistente e acompanhada de outros sinais, pois pode estar relacionada a problemas de saúde mais graves como: diabetes, deficiência de sais minerais, distúrbios da glândula tireoide, anemia, doenças no fígado, alcoolismo, estreitamento de artérias, entre outros.

Sinais para ficar em alerta e consultar um médico:

  • Grande frequência da sensação de câimbras;
  • Desconforto severo;
  • Surgimento de inchaço, vermelhidão ou alteração na pele;
  • Perca de sensibilidade prolongada;
  • Desenvolvimento de fraqueza no músculo após as câimbras;
  • Dificuldade de tolerância ao frio, ganho de peso e pele grossa.

Ainda tem dúvidas? Ligue para (11) 97659-1001, mande um WhatsApp (11) 97659-1001 ou se preferir, agende uma avaliação agora mesmo pelo nosso formulário clicando aqui.