Como Diferenciar a dor entre Tendinite e Bursite?

Tendinite e Bursite, neste artigo irei explicar quais as principais diferenças entre estas patologias.

O que é a bursa?

É uma pequena bolsa cheia de líquido (sinóvia) localizada no ponto em que um músculo ou tendão roça um osso. As bursas reduzem o atrito entre as duas superfícies em movimento.
O que é tendão?
O tendão é uma fita ou cordão fibroso, formado por tecido conjuntivo, que prendem os músculos nos ossos ou em outros órgãos.

A tendinite e a bursite são duas condições relativamente comuns, que provocam a inflamação ou inchaço dos tecidos moles, que cercam as articulações. São facilmente confundidas, porque envolvem níveis semelhantes de dor, inchaço e incapacidade.
Como os tendões e a bursa costumam estar próximos, qualquer inflamação que ocorra em um pode similar inflamação no outro.

Principais causas da Tendinite e Bursite

A tendinite e bursite tendem a ocorrer como resultado do uso excessivo de tendões e músculos, sendo as principais causas:

  • Esforço repetitivo da articulação como no caso de atletas e pessoas cujo trabalho exige os mesmos movimentos repetidamente por longos períodos;
  • Excesso de carga, de peso ou obesidade;
  • Trauma único e de forte intensidade no tendão ou na bursa como pancada, acidente ou quedas;
  • Mau condicionamento físico, aumento repentino da atividade física sem aumentar gradualmente a resistência de antemão, má postura, ou uso em uma posição forçada e desajeitada;
  • Idade – o enrijecimento natural das articulações, tendões ou bursa, se torna mais comum com o envelhecimento;
  • Em função de outras doenças, como a artrite reumatoide.

Sintomas mais comuns

Os sintomas da tendinite e da bursite são muito semelhantes, e ambos envolvem:

  • Sensibilidade e dor na parte afetada do corpo;
  • Vermelhidão;
  • Inchaço;
  • Sensação de temperatura elevada devido a inflamação;
  • Dificuldade e rigidez agravada por movimento;
  • Piora perceptível no período noturno, durante e após atividade;

Veja também:

Partes do corpo que mais sofrem com a bursite e tendinite

A inflamação pode ocorrer nas bursas ou tendões em qualquer parte do corpo, sendo a bursite e a tendinite mais diagnosticadas nos ombros, cotovelos, punhos, dedos, quadris, joelhos, tornozelos, calcanhares e pés.

Diagnóstico

O diagnóstico de uma tendinite e/ou uma bursite requer uma avaliação médica, onde o especialista ortopédico iniciará os procedimentos de diagnóstico com um exame físico completo, a fim de identificar as articulações lesionadas. Ele também fará uma análise sobre o histórico médico do paciente. Caso seja necessário para confirmar o diagnóstico, o médico pode solicitar exames de imagem, como ressonância magnética ou raios-X, além de exames de sangue ou uma análise do líquido da bursa inflamada para conseguir identificar a causa da inflamação e da dor na articulação.

Receber um diagnóstico preciso de sua condição articular pode ser a diferença entre uma cura rápida ou uma lesão aguda, por isso em caso de sintomas, é imprescindível que procure um médico especialista.

Tratamento

O tratamento da tendinite e bursite são muito semelhantes, e vai depender da causa da lesão.  Normalmente é feito com o uso de anti-inflamatórios, repouso e termoterapia (tratamento feito com uso de bolsas de água quente e/ou geladas). As injeções de corticosteróides podem fornecer benefícios de curto prazo, principalmente para dor.
Em alguns casos também pode haver a necessidade do encaminhamento a um fisioterapeuta, para ajudar a reduzir a inflamação, melhorar a movimentação da região afetada e aliviar a dor.

O tratamento só pode ser prescrito sob a orientação de um médico especialista. Então em caso de dores nas articulações procure um médico ortopedista.