Qual idade podemos iniciar exercícios de musculação?

A musculação é sem dúvidas uma das atividades físicas mais praticadas na atualidade. Além de jovens, adultos e idosos, a modalidade também vem despertando o interesse das crianças.

A medida que este interesse das crianças cresce, uma dúvida também aumenta na mesma proporção, qual a melhor idade para se iniciar a prática da musculação?

Segundo artigo publicado no site ciaathletica, pesquisas atuais realizadas pelos orgãos American Academy of Pediatrics (AAP), Institute of Training Science and Sports Informatics, o American Council on Exercise (ACE) , o American College of Sports Medicine e a National Strength Conditioning Association (NSCA) revelam que uma criança pode praticar musculação à partir dos 12 anos de idade.

Antes dos 12 anos, as crianças já podem praticar atividades físicas com o peso do próprio corpo, ou até mesmo modalidades como natação, kung fu e atividades lúdicas…

Como na maioria dos casos a procura pela musculação é para o aumento da massa muscular, entendia-se que a prática poderia prejudicar o crescimento das crianças. Hoje sabemos que o treino de resistência é de extrema importância para o desenvolvimento muscular .

Dois fatores são importantes, e que devem ser levados em consideração antes de iniciar as atividades:

1 – Ergonomia adequada: A maior dificuldade de trabalhar com crianças na musculação, é que os equipamentos são criados e estruturados para adultos, sendo assim, o trabalho com crianças deverá ser adaptado e com muita coerência, assim, evitando risco as mesmas.

2 – A criança nunca deverá realizar os exercícios sozinha, ou, sem a ajuda de um profissional qualificado, pois o trabalho deverá ser planejado para o desenvolvimento de várias capacidades (importantes para o crescimento da criança) e não apenas visando o aumento da força, e também, respeitando os limites das mesmas.

Exercícios físicos realizados de forma adequada na infância (inclusive a musculação), favorecem uma melhora da concentração, reduz os níveis de colesterol, previne a hipertensão e a diabetes, diminui o risco da obesidade infantil, sem falarmos na melhora da coordenação motora, equilíbrio e flexibilidade.

Independente de qual atividade que a criança pratique na infância, o resultado terá um grande impacto na sua formação, promovendo assim, um estilo de vida mais saudável.

Se você ainda tem dúvidas, procure um médico especialista, pois, ele irá lhe orientar…